Caso não consiga visualizar, acesse http://cecil.unimed.com.br/unimedcomvoce/pordentro2008/030308.htm

03 de março

   

Você sabe como trabalha a equipe de Relações Empresariais da Central Nacional Unimed?

Hoje são 26 profissionais, divididos na equipe de Relações Empresariais Externo e Interno.

Evento para clientes
será em abril

O Zaz Traz, encontro organizado pela Central Nacional Unimed para as empresas clientes, será no dia 2 de abril, em São Paulo.

Câncer de Mama: o mais temido pelas mulheres

O câncer de mama é, provavelmente, o mais temido pelas mulheres.

 

Exposição:
Revolução Genômica

O Instituto Sangari junto ao Museu de História Natural de Nova York trouxe ao Brasil a exposição Revolução Genômica que somatiza os fatores da genética e a biodiversidade para criar um espaço científico, cheio de atrações.

Palpites femininos

A Central Nacional Unimed preparou uma promoção para suas clientes em homenagem ao Dia da Mulher. Você pode ganhar prêmios. Veja como participar.

     

Você sabe como trabalha a equipe de Relações Empresariais da CNU?

 

 

Hoje são 26 profissionais, divididos na equipe de Relações Empresariais Externo e Interno. A primeira parte é responsável por visitas aos clientes. A segunda, atua como apoio e faz a intermediação entre as solicitações dos clientes e todas as outras áreas da Central Nacional Unimed. Tudo para dar suporte aos clientes de forma ágil e eficaz.

Conheça de perto o trabalho desses profissionais:

- Visitas personalizadas de acordo com cronograma definido em parceria com o cliente;

- Acompanhamento mensal da movimentação cadastral e envio de relatórios mensais;

- Pontuação das distorções no sinistro dos clientes e sugestões para manter o equilíbrio técnico e atuarial;

- Palestras sobre a utilização do plano de saúde nas empresas;

- Equipe específica para implantação de contratos;

- A Central Nacional Unimed também está na comunicação interna das empresas com o envio de conteúdos sobre saúde e a utilização da assistência médica.

 

Exposição:
Revolução Genômica

 

 

O Instituto Sangari junto ao Museu de História Natural de Nova York trouxe ao Brasil a exposição Revolução Genômica que somatiza os fatores da genética e a biodiversidade para criar um espaço científico, cheio de atrações. O visitante irá se familiarizar com a genética, DNA e absolutamente tudo à respeito das células.

Com 2.000m², a Revolução Genômica está dividida, tematicamente, em três células: Grande Salão do DNA; A Era do Genoma e Genética dos Alimentos.

Com a idéia de melhorar a educação científica em diversos países do mundo, o Instituto é o responsável por essa mostra e pela última exposição Darwin. Com o resultado positivo que o projeto de exposições itinerantes vem recebendo, o Brasil é o único país da América Latina que tem a oportunidade de conhecer o acervo do Museu.

O público começará o passeio por uma floresta, com animais vivos, representando a vida formada pelas microscópicas células. Sagüis, um pequeno jacaré, jibóia, aranha, iguana, tucano são alguns dos animais que deixam o ambiente o mais realista possível.

Data: até o dia 13 de julho
Local: Pavilhão Armando de Arruda Pereira, Parque do Ibirapuera - antiga sede do PRODAM, em São Paulo.

Fonte: www.guiasp.com.br
 

 

Evento para clientes
será em abril

 

 

O Zaz Traz, encontro organizado pela Central Nacional Unimed para as empresas clientes, será no dia 2 de abril, em São Paulo. O consultor empresarial Gilberto Wiesel será a atração dessa edição. Ele falará sobre pressão no trabalho, o perfil de profissional que as empresas buscam e motivação.

 

O evento é gratuito para todos os clientes da Central Nacional Unimed.

 

Clique aqui para se inscrever.

 

Câncer de Mama: o mais temido pelas mulheres

 

O câncer de mama é, provavelmente, o mais temido pelas mulheres. Principalmente por causa da sua alta freqüência e efeitos psicológicos, que afetam a percepção da sexualidade e a própria imagem pessoal.

 

Ele é relativamente raro antes dos 35 anos de idade, mas acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente.

 

 

Fique de olho nos sintomas

 

- Nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária;

 

- Alterações na pele que recobre a mama tais como retrações ou um aspecto semelhante à casca de uma laranja;

 

- Nódulos palpáveis na axila;

 

- Edema (inchação);

 

- Covinha, escamação;

 

- Vermelhidão na pele;

 

- Ulceração da pele e sangramento pelo mamilo;

 

- Desvio do mamilo;

 

- Alteração da aréola;

 

Embora os cânceres de mama no início não apresentem dor, qualquer dor mamária, fora do período pré-menstrual, deve ser relatada ao médico.

 

 

Fatores de Risco

 

- Aumento rápido da incidência com o aumento da idade;

 

- Idade da primeira menstruação precoce;

 

- Menopausa tardia (instalada após os 50 anos de idade);

 

- Primeira gravidez após os 30 anos e a nuliparidade (não ter tido filhos);

 

- 10% do total de casos de cânceres de mama correspondem ao histórico familiar, quando um ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmã) foram acometidas antes dos 50 anos de idade;

 

- A ingestão regular de álcool, mesmo que em quantidade moderada, é identificada como fator de risco para o câncer de mama, assim como a exposição a radiações ionizantes em idade inferior a 35 anos.

 

 

Detecção precoce

 

As formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico da mama e a mamografia.

 

As evidências científicas sugerem que o auto-exame das mamas não é eficiente para o rastreamento e não contribui para a redução da mortalidade por câncer de mama.

 

Portanto, o exame das mamas realizado pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por profissional de saúde (médico ou enfermeiro) qualificado para essa atividade. 

 


Fonte:
INCA – Instituto Nacional de Câncer - Ministério da Saúde

 

A Central Nacional Unimed preparou uma promoção para suas clientes em homenagem ao Dia da Mulher. Para participar, é preciso enviar um palpite para o novo jornal digital da CNU, o Por Dentro. Todas que enviarem seus palpites concorrerão a um vale compras de R$ 300 da Renner e uma diária no salão de beleza da cidade onde mora.

 

Podem ser dicas de saúde, livros, filmes, turismo e qualquer assunto que gostaria de ver no jornal. Clique aqui para dar sua opinião e clique aqui para ver o regulamento.

 

 

Por Dentro é um boletim eletrônico direcionado aos clientes da Central Nacional Unimed editado pela equipe de Marketing e Comunicação. Jornalista responsável: Mariana de Castro Botega (MTb 39.557). Diagramação: Aline do Carmo Ferreira da Silva.

Caso você não queira mais receber este boletim, envie-nos um e-mail colocando no assunto "não quero mais receber".
 

www.centralnacionalunimed.com.br 
Fale conosco